Busca


19/06/2017

Dália Alimentos celebra os seus 70 anos

 

Ano de 1947, domingo, dia 15 de junho. Ano de 2017, quinta-feira, dia 15 de junho. Duas datas separadas por uma linha de tempo pautada por fatos que assinalaram a trajetória da Dália Alimentos. Setenta anos se passaram e o mesmo 15 de junho, festejado com euforia por 387 destemidos suinocultores que fundaram a cooperativa, foi novamente celebrado pelos 600 convidados que participaram das comemorações na última quinta-feira, dia 15 de junho, na sede do Sicredi Região dos Vales, em Encantado.

A noite foi assinalada pela emoção e teve em seu protocolo a recepção dos convidados pelos presidentes do Conselho de Administração, Gilberto Antônio Piccinini e presidente Executivo Carlos Alberto de Figueiredo Freitas. Sobre o palco, sentados de frente para a plateia, eles receberam os convidados de forma diferenciada. Em tom de bate-papo descontraído, apresentaram a trajetória da Dália Alimentos alicerçado em um paralelo entre passado, presente e futuro, enaltecendo projetos, ações, associados, funcionários, clientes e parceiros. Também deixaram uma mensagem sobre o atual momento e cenários econômico e político brasileiro.

Como ocorre em eventos de grande relevância protagonizados pela cooperativa, foi concedido o Troféu Dália a dez personalidades que deixaram marcas expressivas para a cooperativa e para o cooperativismo. Foram agraciados com a outorga os ex-funcionários Eloi Blomker, Luiz Henrique Kaplan e Nemir Lorenzi; os ex-conselheiros de Administração Eusébio Morsch, Lidenor Giliotto e Rubino Rahmeier; o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra; o presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes de Freitas (representado pelo presidente da Ocergs, Vergilio Perius); o coordenador do Centro de Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas e Embaixador Especial do Cooperativismo, Roberto Rodrigues; e a Guapo Representações, representada pelo diretor Marcelo Vieira.

Piccinini descreveu o momento como o resgate do passado, a vivência do presente e a projeção do futuro. “Reunimos pessoas especiais num momento de comemoração. Estas pessoas representam todas as famílias associadas e também as de funcionários, parceiros e clientes que tem participação ímpar e contribuição notória para que a Dália Alimentos chegasse às sete décadas desta maneira: forte e desenvolvida”. 

Freitas enfatizou que a noite foi de festa, em todos os sentidos. “A equipe organizadora se esforçou ao máximo para que estes 70 anos fossem comemorados de forma singular. À medida em que o evento acontecia era possível sentir a energia positiva que contagiava a todos os presentes. Nos discursos proferidos, a reflexão e o norte sobre o agronegócio no país e, principalmente, sobre os valores da sociedade brasileira”.

Destemidos

A história da Dália Alimentos é rica em fatos e situações, com algumas características peculiares:  o destemor daquele grupo que há 70 anos acreditou que juntos seriam mais fortes; a mesma coragem de outro grupo, 40 anos depois, que reinventou a Dália, buscou a inovação e repaginou o pioneirismo dos fundadores, para assegurar, inicialmente, sua continuidade e depois, seu crescimento, para então inovar seus processos e sua gestão, com o objetivo de obter rentabilidade, e, com isso, permitir o cumprimento de sua missão. Este é, em síntese, o nosso registro histórico.

A Dália Alimentos dispunha da história e a Três Tempos oportunizou as ferramentas para eternizá-la. E a história está perpetuada em uma obra, denominada “Destemidos: O Espírito Cooperativista dos Probos de Rochdale ao Empreendedorismo Neocooperativista da Dália Alimentos”, que foi lançada durante a noite. Os historiados Tânia e Charles Tonet apresentaram um registro que oportuniza conhecer também a história do cooperativismo e a inserção da Dália nesse contexto.

Logo após o lançamento do material, um exemplar do livro foi entregue aos sócios fundadores Albino Dalla Vecchia e Rogero Togni. Eles também receberam uma homenagem especial e foram agraciados com um relógio de bolso emblemado com o logo Dália 70 anos. A esposa do sócio fundador, Lévide Zuchetti, também foi agraciada com um relógio simbolizando o tempo e sua importância na vida de uma pessoa e de uma empresa. 

Após, todos os convidados foram recepcionados em um coquetel servido em um cenário alegre, florido, criativo e com as cores e energia da Dália Alimentos. Na saída, todos os presentes foram agraciados com um exemplar do livro Destemidos, autografado pelos autores. O Sistema Ocergs-Sescoop/RS foi representado na solenidade de aniversário de 70 anos da Cosuel por seu presidente, Vergilio Perius, pelo diretor técnico sindical, Irno Pretto e pelo superintendente técnico-operacional, Gerson Lauermann.

Fotos: Cristian Schmidt/Divulgação Dália Alimentos 

Com informações da jornalista Carina Marques - Assessoria de Imprensa Dália Alimentos

 

 


Rua Félix da Cunha, 12
Bairro Floresta, Porto Alegre / RS - CEP: 90570-000
(51) 3323-0000